Vamos falar e esclarecer neste texto sobre um assunto pouco conversado, mas de muita importância, para começarmos a compreender como a nossa energia funciona. Este tema vai nos ajudar a compreender as seguintes reflexões: como a energia da vida circula em nossos corpos? E como se conectam sensações, emoções e pensamentos, no fluxo das experiências da vida?

A energia circula de cima para baixo e de baixo para cima. Somos semelhantes a um tubo, um canal que recebe e descarrega a energia. A corrente descendente é chamada de “Caminho da Manifestação”.

Corrente Descendente:

Ela se manifesta através de uma imagem ou forma pensamento que entra na nossa consciência e produz em nós ideias e emoções – a cada nível que vai descendo para os chakras inferiores a forma pensamento se torna mais concreta e especifica. Por exemplo: uma ideia se transforma numa representação e logo em seguida, em palavras faladas e por fim numa ação física e sensações em nosso corpo, expressando um resultado produzido!

A um nível bioenergético estas correntes se situam na parte da frente do corpo, por isso que sempre que realizamos posturas de retro flexões, isto é, flexões para trás, abrimos estes canais e estimulamos uma energia de ação.

flow 3

Corrente Ascendente:

Já a corrente ascendente também é chamada de “Corrente da Liberação e da Expressão”. Ao longo do trajeto desta corrente o que está cristalizado e preso à formas se liberta para expandir-se em uma dimensão maior – a energia armazenada na matéria é liberada. Por exemplo: ao realizarmos uma ação, essa consciência física da ação e do corpo na ação vai despertando também em nós novas emoções e em muitos casos, surgem também imagens e memórias arcaicas guardadas em nossas células. Desse modo, outros níveis da experiência interior vão sendo clarificados e conscientizados partindo do corpo físico e da consciência física rumo à dimensões sutis. A um nível bioenergético estas correntes se situam na parte detrás do corpo, portanto sempre que trabalhamos com posturas de flexões e inversões, favorecemos o fluxo de abertura destes canais.

Para o nosso equilíbrio psicofísico e bioenergético é muito importante que ambas correntes fluam e se alternem, em movimentos de expansão e recolhimento, hora estamos voltados para dentro e hora estamos percebendo o que está fora de nós. Recebemos assim informações dos nossos chakras superiores, materializamos ações e trazemos o que aprendemos para o corpo, convertendo então este fluxo que era de sentido descendente para o sentido ascendente, partindo do corpo para os chakras superiores, com isto vamos ampliando nossa visão e compreensão de nossas experiências, aprendendo a expressar e a compartilhar nossa experiência da realidade nesse contínuo fluxo e refluxo. Estas duas correntes devem trabalhar juntas em harmonia proporcionando nosso equilíbrio interior e saúde. No próximo falaremos dos bloqueios destas correntes.

Ana Cláudia Magalhães Dutra